• Agenda de eventos
  • Reuniões semanais, toda terça, às 8h
  1. Início
  2. Notícias
  3. País perde R$ 50 bi por ano com Refis, dizem auditores da Receita

País perde R$ 50 bi por ano com Refis, dizem auditores da Receita

Publicada dia: 28/07/2016
País perde R$ 50 bi por ano com Refis, dizem auditores da Receita

BRASÍLIA - A prática do governo de criar programas de parcelamento de dívidas tributárias, o chamado Refis, pode causar perdas de até R$ 50 bilhões aos cofres públicos a cada ano em que o programa é aberto, diz um estudo da União Nacional dos Auditores Fiscais (Unafisco). Isso porque esses débitos, geralmente impostos que deixaram de ser pagos por empresas, são negociados com o governo, muitas vezes para valores menores e livres de multas.

Diante do prejuízo, os auditores ameaçam entrar com uma ação popular ou requerer ação civil pública por parte do Ministério Público caso o governo adote o Refis apesar de parecer contrário da Receita.

— As autoridades que estão adotando o Refis, contra o parecer da Receita inclusive, são passíveis de responsabilização judicial diante do prejuízo de R$ 50 bilhões por ano que o Refis causa. A Unafisco estuda entrar com uma ação popular ou mesmo requerer ação civil pública por parte do Ministério Público — diz o presidente da Unafisco, Kleber Cabral.

A indústria tem pressionado o governo por um novo parcelamento. O argumento da Confederação Nacional da Indústria (CNI) é de que, à medida que o governo ajudou o caixa dos estados dando carência para as dívidas com a União, o mesmo poderia ser feito com o setor. Apesar de o presidente interino Michel Temer ter afirmado que um novo Refis poderia ser analisado, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, já descartou a possibilidade reiteradas vezes.

Segundo o levantamento, com o Refis, o chamado hiato tributário (a diferença entre a arrecadação real e a prevista se todos pagassem os tributos que devem) fica entre 32% e 34%. Sem o parcelamento, esse hiato é cerca de 3 pontos percentuais menor, em média. De acordo com a Unafisco, esse hiato era de 7% no Reino Unido em 2014.

À espera dos parcelamentos e descontos, muitas empresas acabam atrasando o pagamento de impostos propositalmente. Cabral explica que muitas vezes esses empresários optam por utilizar esses valores para investir em títulos públicos remunerados pelo governo pela taxa Selic. Enquanto isso, questiona os valores tributários em tribunal administrativo.

— Como é muito raro um processo administrativo terminar antes de cinco anos, o contribuinte, se for quitando de cinco em cinco anos suas dívidas com a Receita, nem terá que se defender na Justiça. Antes de (o governo) iniciar a execução judicial ou qualquer ação penal por sonegação, o contribuinte resgata os títulos públicos e paga à vista seus débitos. Problemas criminais o contribuinte não terá, pois pagando, está tudo perdoado. O perdão oficial fornecido pelo Refis lhe poupará de qualquer multa.


Outras notícias

Quanto custaria ficar sem um contador? - 09/05/2020

Acessar ››

Suspenção do curso de Lucro Real - 16/03/2020

Acessar ››

Cenários Econômicos para 2020 realizado no dia 18/12/2019 - Trade Hotel. - 04/03/2020

Acessar ››

Nomeação da Sinercon para o conselho fiscal da PJF - 27/03/2019

Acessar ››

Parceria com a Secretaria da Fazenda Municipal da PJF - 15/01/2019

Acessar ››

Medalha Comemorativa Pelos 50 Anos Da Receita Federal Do Brasil - 21/12/2018

Acessar ››

Oportunidade e atitude orientativa junto aos contribuintes omissos. - 03/10/2018

Acessar ››

Sinercon toma posse no Comdeti/PJF - 23/08/2018

Acessar ››

Site da Sinercon recebe função para cadastro de currículos. - 22/08/2017

Acessar ››

Reunião Diretorias da Sinecon e Sintappi - 04/08/2017

Acessar ››

Novo sistema para emitir nota fiscal começa operar em Juiz de Fora - 03/04/2017

Acessar ››

Publicação Dec. nº 12.931/2017 - NFS-e - 31/03/2017

Acessar ››

Aumento brutal do Imposto de Renda Pessoa Física com o disface de "novidade" para 2017 - 31/03/2017

Acessar ››

COMUNICADO DA PREFEITURA DE JUIZ DE FORA - 15/03/2017

Acessar ››

O que é um Certificado Digital? - 06/03/2017

Acessar ››

Adiamento Implantação Sistema NF-e PJF - 21/02/2017

Acessar ››

Dia do Empresário Contábil - 12/01/2017

Acessar ››

Nova diretoria apresenta suas diretrizes para a associação. - 10/01/2017

Acessar ››

Conferência Contábil é destaque no jornal o Empresário - 23/12/2016

Acessar ››

Eleição Sinercon 2016 - 06/12/2016

Acessar ››

Slides Palestra Juiz de Fora - 14/11/2016

Acessar ››

Conferência Contábil de Juiz de Fora e Região - 20/10/2016

Acessar ››

Visita Noraldino Jr. - 20/09/2016

Acessar ››

CAFÉ COM PREFEITO - 25/08/2016

Acessar ››

Secretaria da Fazenda realiza treinamento para membros das Turmas Administrativas de Recursos Fiscais/PJF - 19/08/2016

Acessar ››

Página falsa da Receita Federal no Facebook gera sérios problemas - 25/07/2016

Acessar ››

Palestra na Fiemg sobre Registro Digital - 06/07/2016

Acessar ››

Campanha Espalhe o Calor - 20/06/2016

Acessar ››

Grupo de Trabalho Mulher Contabilista. - 27/05/2016

Acessar ››

Palestra Prefeitura - Simples Nacional - 28/03/2016

Acessar ››

As novas regras do ICMS acabam com a guerra fiscal entre os Estados? - 28/03/2016

Acessar ››

Sinercon/JF prestigia posse da nova diretoria do CRC/MG - 28/03/2016

Acessar ››

Sinercon na Mesa de Debates/TVE - Juiz de Fora - 28/03/2016

Acessar ››